sexta-feira, 14 de março de 2014

Doce de Laranja da Terra

Apesar da seca, pudemos colher no sítio algumas laranjas-da-terra pra fazer doce. Não sou doceira (nem pra fazer nem pra comer, heheh) mas dá pena desperdiçar as frutas. No ano passado tentei fazer o doce, peguei receita com Dr. Google e... não deu certo! A laranja tem um amargo muito forte, e aí eu desisti. Trouxemos as laranjas e demos pro Paulo, meu irmão, que distribuiu entre a vizinhança dele. E ele aprendeu com uma vizinha, a D.Percília, e acabei aprendendo também. Agora não perderemos mais laranjas!
Esse é o pé da laranja-da-terra.


Olha só o tamanho da laranja. É imensa. Esta é do ano passado. As destes ano foram menores devido à seca.


A gente faz doce com esse limão siciliano também.


E aqui o doce. Como disse, não sou doceira, mas com um pedaço de queijo ao lado, como isso fica bom!


Querem a receita? É assim:


1- Com uma faca de lâmina mais fina e bem amolada tire a parte verde da casca das laranjas. Procure tirar o mínimo possível da parte branca da casca, porque é ela que vai ser usada.

2- Parta a laranja em 4 ou 6 fatias no sentido vertical e retire o miolo. Quando a laranja é grande eu parto cada fatia em 2 ou 3 pedaços pra facilitar a retirada. Eu retiro o miolo com uma colher de sobremesa, raspando.

3- Acomode os pedaços em uma panela grande, que tenha tampa.

4- Em outra vasilha ferva água suficiente para cobrir todos os pedaços. Cubra os pedaços com a água fervente e tampe a vasilha pra mosca não entrar. Como os pedaços ficam boiando, eu pego uma tampa mais pesada, que cabe dentro da panela, e coloco sobre os pedaços pra forçar pra baixo, e aí coloco a tampa da panela por cima.

5- Várias vezes por dia faça a troca da água, que esfriou, por uma nova água fervente. Eu faço umas 5 vezes por dia. O amargo da laranja vai saindo aos poucos. Faça isso 3 ou 4 dias seguidos, até provar a água e sentir que não está mais amargosa. É hora de fazer o doce.

6- Use mais ou menos 1kg de açúcar e um copo americano de água pra cada kg de laranja. Eu meço no olhômetro mesmo. Despeje isto sobre os pedaços de laranja e deixe no fogo até que chegue no ponto. Mexa de vez em quando. Se precisar vai pingando mais um pouco de água. O doce precisa ter calda. Coloque cravo-da-índia e pedaços de canela, a gosto.

7- O doce estará pronto quando os pedaços de laranja, que são brancos, ficarem transparentes e brilhantes.
Pra fazer o doce de limão o processo é o mesmo. Ano passado fiz os dois juntos, e ficou bom.
No meu fogão isto leva mais de 2 horas. Tá bom, demora, mas tem uma vantagem: não respinga! Fiz um doce de goiaba uma vez que respingou tanto que desse eu não faço nunca mais. Só faço em calda. Que, aliás, fica uma delícia com sorvete! Hummm... mas isto é assunto pra outra postagem!

8- Coloque em vidros tampados, na geladeira. Eu nunca deixei fora da geladeira, e comi este mês o restante do doce que fiz no ano passado. E estava ótimo.


Um abraço carinhoso, e que Deus abençoe a todas vocês.


Um comentário:

Regina Melo-Jocknevich disse...

Ola Olinda, como vai voce minha querida?

Obrigada pela visita e pelo carinho de sempre, e parabens (um pouco atrasados) para as irmas Mírian e Léia e para o sobrinho Marcelo.

Que laranjas grandes e saudaveis, e q bom q agora voce faz um doce gostoso com elas.

Um grande abraco, e de vez em qdo apareca no Molly Mell :)