quarta-feira, 15 de março de 2017

Bolsa de crochê

Minha filha Renata tece muito. Ela tem feito muitos e lindos vestidos de crochê.
Estou preparando pra fazer uma postagem aqui só sobre os trabalhos dela.
Vendo-a tecer, bateu aquela vontade de pegar na agulha, e resolvi fazer uma bolsa para mim.
Fiz, gostei, me animei, e fiz mais duas, para as duas filhas.
Usei o fio EuroRoma. Ele é muito bom pra tecer.

Aprendi a fazer o anel mágico...


Comecei fazendo uma flor, transformei-a num quadrado, e fui fazendo tiras...

Juntei as tiras. Essa foto vai ser usada toda vez que eu tiver de fazer bolsa desse modelo. A gente apanha na hora de juntar os quadros para montá-la...

Bolsa fechada nas laterais...


Aqui a bolsa com alça. Levei o material num sapateiro conhecido e ele pregou pra mim. Fiz como uma antiga que tenho, usando uma parte com corrente...

Fiz essa um pouco maior que a minha antiga, pra caber mais coisas.
Gosto de usá-la quando vou 'a igreja, e preciso colocar dentro a Bíblia (tamanho maior, com letra maior, rsrsrsr), óculos, celular, caneta, documentos, chave... E a corrente não estava aguentando o peso.
Aproveitei a linha que sobrou e troquei a corrente por um cordão de macramê.
Minha filha achou que fica melhor com a corrente, mas eu gostei porque ficou mais resistente.



Como eu disse, fiz mais duas, uma cinza, pra Renata e uma verde, pra Roberta.
Todas do mesmo modelo.
Aqui a Roberta está exibindo a dela...




E aí, também ficaram com vontade de tecer uma bolsa nova?

Um abraço carinhoso, e que Deus abençoe a todos vocês.

Olinda

Nenhum comentário: