terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Rosas de tecido

As rosas de tecido estão aí, por todo lado. Cada uma mais linda que a outra! Me lembro bem quando era adolescente e minha prima Cilinha, de Vitória, chegou lá em casa com uma caixa mágica: boleador, frisador, lamparina, moldes... Aprendemos a fazer, e fizemos muita flor!
Herdei alguns boleadores, de minha mãe e de D. Maria, vizinha de minha sogra.
Nessa onda de broches, headbands e tiaras, resolvi utilizá-los, mas pesquisando no Youtube descobri uma outra forma de fazer. Lá tem vários vídeos que ensinam.



Essas foram as primeiras que fiz. Ainda não fotografei as mais recentes.
São modeladas passando direto pela chama da lamparina, sem boleadores.
O tecido deve ser sintético, tipo organza, voil, crepe, etc.
Na lamparina, pra não manchar, deve ser usado álcool de posto de gasolina. Esse outro, de 46 graus, que a gente acha no comércio, mancha o tecido. Vela também mancha. Se o tecido não for muito clarinho até dá, mas pra tecido branco fica sujo, feio. Não foi necessário engomar.
Ainda não fiz com o tecido sintético engomado. Há vídeos ensinando a engomar também, com gelatina.
Que tal fazer umas rosas pro Natal?

Um abraço carinhoso, e que Deus abençoe a todas vocês.

Um comentário:

Minha vida de campo disse...

Olá,
lindas, queria saber fazer, adoro flores.
Tenha um ótimo dia.